Análise de Drafts – Entendendo a Cloud 9

Análise de Drafts – Entendendo a Cloud 9

(Bok “Reapered” Han-gyu, treinador da Cloud 9 e campeão do OGN pela MiG Blaze.)

Um dos aspectos mais importantes do cenário competitivo de League of Legends é a fase de bans e picks. Durante essa etapa, o treinador de cada equipe tem várias estratégias à sua disposição com o objetivo de dar vantagens para seus jogadores mesmo antes deles entrarem na Summoner’s Rift. Forçar o adversário a jogar com campeões fora de sua zona de conforto, entregar propositalmente a melhor composição de seu rival com um counter pick preparado, surpreender com picks fora do metagame: não falta espaço para a criatividade durante o draft. Mas mesmo com tantas possibilidades o coach da Cloud 9 Bok “Reapered” Han-gyu mostrou uma série de padrões que se repetiram ao longo da fase de grupos.

Cloud 9 – Red Side:

A estratégia de bans da Cloud 9 no lado vermelho foi banir Nidalee em todos os jogos (inclusive contra a SK Telecom T1 de Bengi, que nunca sequer jogou uma partida profissional com a campeã), um campeão de conforto do mid laner adversário e o terceiro veto variou de acordo com o oponente. Seus picks na fase de grupos também tinham um padrão simples de ser identificado. Na primeira rotação, o time norte-americano sempre escolheu um jungler acompanhado de um dos campeões da bot lane enquanto o último pick (reservado para garantir um counter) foi dividido entre campeões do mid e do top mostrando a prioridade da equipe em suas solo lanes inclusive durante o draft.

Cloud 9 – Blue Side:

Quebrando os padrões do torneio, a Cloud 9 foi um dos poucos times a banir Nidalee no lado azul. O fato ocorreu duas vezes e no único jogo onde a campeã passou pelos bans o time norte-americano a escolheu na primeira rotação em sua derrota contra a Flash Wolves. Seguindo seu plano no lado vermelho, eles continuaram a banir um campeão de conforto do mid laner variando a escolha  de acordo com o inimigo. Enquanto um dos três bans no lado vermelho variava, Reapered mostrou uma tendência bem mais simples de se identificar ao fazer o draft com as cores de seu time: três bans em Elise nos três jogos no blue side.

Entendendo a estratégia geral da Cloud 9:

FW vs C9

(Reapered e Sneaky comemoram a vitória sobre a Flash Wolves na primeira semana da fase de grupos)

Durante a fase de bans e picks a Cloud 9 mostrou uma prioridade grande nos campeões do mid e da jungle. Na minha opinião, essa é uma das melhores estratégias que eles poderiam adotar pois ela tem como objetivo minimizar as suas fraquezas e maximizar suas forças. Mirando um ou dois bans em junglers, o time americano reduz as chances do jungler William “Meteos” Hartman ser explorado por sua contraparte enquanto tirar um dos picks de conforto dos adversários aumenta as chances do mid laner Nicolaj “Jensen” Jensen criar vantagens durante a laning phase.

Cloud 9 – Picks no mundial:

  • Top: O campeão mundial Jung “Impact” Eon-yeong tem dado preferência a campeões com alto potencial de dano mágico e impacto nas teamfights com os picks de Rumble (3) e Kennen (2). Além disso o coreano jogou uma partida de Gnar contra a Flash Wolves na segunda semana. Durante a fase de grupos, o coreano forçou cinco bans em sua champion pool: três bans em seu Gnar e dois em seu Kennen.
  • Jungle: Em sua terceira aparição em campeonatos mundiais, William “Meteos” Harthman teve sucesso com campeões que combinam dano físico e resistência com seu Lee Sin, Olaf e Rek’Sai. Jogando pela primeira vez no ano de Nidalee, o jogador não conseguiu impactar a partida durante a laning phase resultando na derrota de seu time. Seu pocket pick de Zac muitas vezes é alvo de bans por seus adversários dependendo do lado que os times estão jogando.
  • Mid: O dinamarquês Nicolaj “Jensen” Jensen é a estrela do time e o maior responsável pelo dano causado entre os jogadores da Cloud 9 no ano de 2016. Com uma champion pool diversa, o jogador usou cinco campeões diferentes durante os seis jogos repetindo apenas o campeão Ryze. Com o Mago Rúnico o mid laner teve uma performance incrível contra a I May, fazendo com que esse seja um dos personagens mais contestados durante a série contra a Samsung Galaxy.
  • AD Carry: Em sua quarta participação seguida em campeonatos mundiais, Zachary “Sneaky” Scuderi não é o centro das atenções de seu time. Com grande foco nas solo lanes, a Cloud 9 diminui a prioridade de recursos e pressão em sua bot lane, fazendo com que o jogador precise jogar de maneira conservadora. Com o pick de Ezreal em três dos seis jogos, o jogador foi capaz de estar entre os cinco AD Carries que menos receberam ouro durante o campeonato mundial e ainda assim ser o quinto maior causador de dano por minuto do torneio.
  • Support: Andy “Smoothie” Ta faz sua estreia em mundial dando grande preferência à melee supports com três jogos de Alistar, dois de Braum e apenas um de Karma. Com esse estilo de campeão, o canadense tem a capacidade de dar roam podendo auxiliar seu mid laner durante o early game além de acompanhar Meteos durante as teamfights como os principais front liners do time.

O que esperar da Cloud 9?

(Cloud 9 minutos antes de enfrentar a Immortals nos playoffs do NA LCS 2016 Summer Split)

Durante a fase de grupos, a Cloud 9 mostrou uma estratégia padrão para cada um dos lados que jogou fazendo com que muitas vezes suas escolhas fossem previstas por seus adversários. Em uma série melhor de cinco variedade de estratégias e adaptação são dois fatores cruciais e o treinador que for mais capaz nesses quesitos irá criar uma vantagem enorme para seu time. É possível que Reapered tenha optado por ter uma estratégia de bans e picks para a fase de grupos e ainda tenha cartas guardadas em sua manga para a série contra a Samsung. Apesar dessa possibilidade o time vai ter que melhorar muito dentro do jogo para que a série contra os coreanos seja no mínimo competitiva. Se o único representante do NA LCS não mostrar novas armas durante as quartas-de-final antes e durante o jogo acredito que a Samsung Galaxy irá vencer com facilidade.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *