Atualização 10.4: Soraka e Sona dão adeus às solo lanes

Atualização 10.4: Soraka e Sona dão adeus às solo lanes

A Atualização 10.4 já está no ar na solo queue e chegará em breve aos torneios profissionais também. Ela traz vários pequenos buffs para campeões que precisavam de um empurrãozinho e alguns nerfs para Aphelios, Soraka e Sona, que têm dominado as melhores ligas. O patch inclui também alguns ajustes em runas, itens com o efeito Imolar e na Exaustão.

Uma das mudanças mais fascinantes do 10.4 é a tentativa de viabilizar alguns campeões como junglers. Darius, Diana, Mordekaiser, Talon e Zed receberam pequenos bônus contra monstros, assim como Garen e Gnar, que também receberam outros buffs gerais.


Mudanças em campeões na Atualização 10.4

Amumu

A múmia solitária já estava quase aparecendo no cenário competitivo e agora recebeu alguns buffs que podem ajudá-lo a finalmente voltar a ser utilizado. Amumu agora chega mais rápido ao alvo em que acertar Lançar Bandagens (Q) e A Maldição da Múmia Triste (R) passa a interromper avanços de alvos atingidos. As mudanças no efeito Imolar também devem ajudar o campeão.

 

Aphelios

Aliados e adversários agora podem ver quais armas Aphelios está carregando. Calibrum não tem mais reset de ataque básico após consumir uma marca e as atalaias de Crescendum agora são mais fáceis de visualizar e lidar. Vigília do Plenilúnio (R) tem muito menos alcance agora, o que pode ser um nerf considerável para um AD Carry sem muita mobilidade.

 

Aurelion Sol

Expansão Celestial (W) recebeu um nerf em seu dano. Já não é muito comum vermos Aurelion em torneios profissionais e esta mudança deve mantê-lo nessa situação por pelo menos mais um patch.

 

 

Catilyn

Caitlyn recebeu um aumento considerável em sua velocidade de ataque no nível 1. Com nerfs a Aphelios e com o meta da bot lane mudando lentamente, é possível que vejamos a xerife aparecendo de novo no competitivo. Porém, por enquanto esta escolha ainda depende de matchups favoráveis e composições específicas em que encaixa bem, como composições de siege (cerco).

 

Darius

Darius Ícone Mundial

A passiva de Darius agora tem bônus de dano contra todos os monstros e Dizimar (Q) agora aplica seu efeito de cura caso atinja um monstro grande ou épico. Esta é uma das mudanças que têm como objetivo viabilizar campeões como junglers, mas Darius deve estar longe de fazer aparições na selva no competitivo por enquanto.

 

Diana

A passiva de Diana agora tem bônus de dano contra todos os monstros não épicos. A campeã chegou a aparecer como jungler na LCK, então quem sabe este seja o pequeno buff que precisava para ser mais escolhida na posição? É improvável, já que velocidade de limpeza dos campos da selva não são o fator mais impactante no meta atual, mas vale a pena ficar de olho na campeã.

 

Garen

Com um pequeno buff no dano de Acerto Decisivo (Q) e um aumento massivo na resistência de Coragem (W), Garen pode se tornar opressor na solo queue. O campeão também recebeu bônus de dano contra monstros não épicos em seu Julgamento (E) como parte das mudanças para viabilizar novos junglers. Ainda assim, é muito improvável que o vejamos no competitivo, a não ser que alguém o utilize como resposta para Sett.

 

Gnar

A Atualização 10.4 presenteou Gnar com um dos buffs mais subestimados entre os jogadores de LoL: velocidade de movimento. O aumento na velocidade de movimento base do campeão foi compensada por um nerf na velocidade dada pelo acionamento de sua passiva. Gnar também recebeu aumentos em seus multiplicadores de dano em GNAR! (R) e no dano máximo de Hiperativo (W) contra monstros. Gnar ainda não deve ser uma preferência entre profissionais, mas pode aparecer como um top laner versátil que não perde lane e encaixa em diversas funções e composições.

Jayce

Jayce é um campeão extremamente opressor na fase de rotas, mas depende muito de mana para isso. Com o aumento em sua mana base e em seu aumento de mana por nível desta atualização, Jayce pode voltar a aparecer especialmente em ligas onde é popular, como na LPL. Além do buff na sua mana pool, Jayce recebeu um aumento no dano de Aos Céus! (Q).

 

Lux

Um pequeno aumento no dano base e no tempo de recarga de Ligação da Luz (Q), sinergia com o novo efeito da Capa de Fogo Solar e a habilidade de usar o flash enquanto conjura Centelha Final (R) não devem ser suficientes para fazer de Lux uma escolha muito proeminente em torneios profissionais. Como suporte, pode ser que a campeã apareça como resposta para certos matchups.

 

Mordekaiser

Mais um dos campeões que recebeu pequenos buffs na jungle, Mordekaiser também ainda não deve aparecer como uma escolha na selva do competitivo. A dificuldade do campeão de preparar ganks o impede de ser eficaz em um meta como o atual e o impede de ser um bom pick na posição. Ainda por cima, o campeão sentiria falta de experiência e níveis, principalmente na hora de usar Reino da Morte (R).

 

Rammus

A Atualização 10.4 deu a Rammus um buff inesperado: velocidade de ataque. Não é necessariamente o que o tatu precisava, nem exatamente o que o fará melhor do que outros tanques na selva.

 

 

Singed

Os nerfs na vida base e armadura base de Singed que a Atualização 10.4 traz são estranhos a este ponto. O campeão apareceu em torneios profissionais apenas como uma resposta a Sett, e mesmo assim apareceu pouco. Depois deste patch, pode ser que só o vejamos nas mãos de profissionais novamente depois de algum buff futuro.

 

Sona

Todas as habilidades base de Sona agora custam 30 a mais de mana, mas restauram 30 de mana quando sua aura beneficia o primeiro aliado. Sona também perdeu dano de ataque base e velocidade de movimento em Canção da Celeridade (E). As mudanças têm como clara intenção enfraquecer a Sona como laner, mas mantê-la viável como suporte.

 

Soraka

Assim como Sona, Soraka recebeu nerfs para diminuir sua capacidade de opressão nas solo lanes. Chamado Estelar (Q) agora dá menos dano, custa mais mana e dá menos velocidade de movimento. Enquanto isso, Infusão Astral (W) recebeu buffs em sua cura base, seu tempo de recarga, seu custo de mana e custo de vida.

 

Sylas

Assim como Amumu, Sylas já estava quase sendo uma escolha viável no competitivo novamente, o que significa que pequenos buffs podem o trazer de volta. Mas a Atualização 10.4 traz apenas 20 de dano a mais no nível máximo de Correntes-Chicote (Q), o que não deve ser suficiente para ressuscitar o campeão ainda.

 

Talon

A passiva de Talon agora se aplica a todos os monstros e causa bônus de dano. Talon é um campeão muito forte no começo das partidas e este auxílio pode fazer dele um assassino muito eficaz na selva. O maior problema de Talon como jungler anteriormente era sua capacidade de limpar os campos, e tirar esta barreira do caminho pode ser a diferença entre o campeão ser primariamente um laner ou um jungler.

 

Udyr

O efeito do Dragão das Nuvens agora dá 5% de redução de tempo de recarga global para Udyr. Isso não deve fazer diferença nenhuma na viabilidade do campeão, especialmente por se tratar de um buff circunstancial.

 

 

Zed

O dano da passiva de Zed foi aumentado drasticamente contra monstros. Por não ter a mesma potência de Talon no early game e pela ausência de habilidades com controle de grupo, Zed não deve ser tão perigoso quanto seu competidor, mas pode ser uma escolha divertida para quem gosta de se aventurar com assassinos na selva.


Master Yi Lua Sangrenta e Katarina Lua Sangrenta, skins lançadas na Atualização 10.4

Mudanças em itens, runas e feitiços de invocador na Atualização 10.4

O tempo de duração da Exaustão passou de 2.5s para 3s. É uma melhoria considerável, mas o Incendiar ainda deve ser a escolha favorecida entre os feitiços de combate. Este buff afeta principalmente usuários do Livro de Feitiços Deslacrado.

As runas Chuva de Lâminas e Ímpeto Gradual receberam pequenos buffs, enquanto as Runas Lenda (Tenacidade, Espontaneidade e Linhagem) receberam pequenos nerfs. Omniruna não dá mais Conquistador e Pressione o Ataque no nível 1.

Os itens com o efeito Imolar (Brasa de Bami, Titã Ardente, Capa de Fogo Solar e Capa da Fornalha) sofreram mudanças. O efeito agora aplica dano ao alvo e causa uma pequena explosão de dano ao redor do usuário quando ele atinge um adversário com controle de grupo.

Tryndamere Lua Sangrenta, skin lançada na Atualização 10.4

Cenário competitivo na Atualização 10.4

As mudanças no efeito Imolar e os nerfs sofridos por Sona e Soraka são as mudanças mais marcantes do patch. Esta atualização pode marcar o retorno dos tanques ao meta competitivo e trazer mais versatilidade a rotas que estavam sendo dominadas por poucos campeões, como o topo e a selva.

Ornn deve se tornar uma escolha ainda mais presente e poderosa a partir do 10.4, o que pode mudar o meta da rota do topo completamente. Sejuani e Zac podem fazer um retorno triunfante e escolhas inéditas na jungle podem aparecer graças às mudanças que esta atualização trouxe. Na bot lane, Aphelios ainda deve ser uma prioridade, mas Senna tem cada vez menos espaço e alguns campeões como Xayah, Caitlyn, Ashe, Kalista e Varus podem começar a aparecer com mais frequência.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *