EDward Gaming, em busca da redenção

EDward Gaming, em busca da redenção

Ninguém na história do League of Legends chinês foi tão vitorioso quanto a EDward Gaming, porém o ano de 2018 está sendo um pouco fora do comum para a organização. O time extremamente dominante, que criou um verdadeiro império dentro da liga, finalmente se sentiu ameaçado por outras equipes, vendo sua principal rival sendo campeã de literalmente tudo que disputou no ano, fato que nem mesmo a EDG conseguiu reproduzir em anos passados. Para piorar, sua classificação para o mundial parecia cada vez mais distante depois da derrota precoce nos playoffs contra a embalada JDG.

No entanto, o ano de 2018 da EDward Gaming não foi algo completamente inesperado. A queda do império já era uma tragédia anunciada após realizar sua pior campanha da história em Mundiais diante da própria torcida no ano passado. A organização, que no ocidente já era vista como piada, começou a ser contestada pelos próprios torcedores na China, Clearlove e companhia mais uma vez falharam e mudanças precisavam ser feitas para o ano de 2018.

Chegada de Haro e Ray, afastamento de Clearlove e saída do contestado Mouse

Essas mudanças vieram em uma reformulação da equipe. A entrada de Haro e Ray eram necessárias para nunca mais repetir o fiasco de anos anteriores, com a criação de um time novo e talentoso que tinha como referência agora Meiko. Entretanto, as coisas nem sempre acontecem como o esperado.

Com a ascensão de times como RNG, IG e RW na primeira etapa de 2018, a organização mais vitoriosa da LPL não era mais vista como a protagonista de sua liga, e com as recentes mudanças na lineup o time parecia ainda não ter encontrado uma identidade. A derrota esmagadora sofrida contra a RNG na primeira final do ano, além das muitas derrotas durante o regular do segundo split, trouxeram mais dúvidas sobre a organização e lineup.

Ray e Haro começaram a ser contestados, Meiko não parecia saber dar uma direção para equipe, Clearlove começava a parecer uma opção viável. Todas essas incertezas, combinadas com os péssimos resultados e ascensão de times muito fortes na liga, decretavam a queda de um dos maiores impérios que já se estabeleceram na China: pela primeira vez na história a EDG iria terminar um ano sem títulos na sua estante. Tudo que havia restado era a final regional e a busca pela última vaga para o Mundial 2018.

A Final Regional e a recuperação da EDward Gaming

Completamente desacreditada e com a difícil tarefa de superar o time que havia eliminado-os com facilidade durante os playoffs, uma EDG diferente apareceu para jogar. Todas as fichas da equipe durante a Final Regional foram colocadas no jungler novato Haro, coisa que nunca havia acontecido antes, e que mostrou uma nova EDG para o público.

Dando prioridade para Camille, Lee e Kindred, escolhas em que Haro se sente confortável, a EDG finalmente conseguiu utilizar das principais características de seu jungler, que são a agressividade e explosão no early game, para combater de frente a maior arma da JDG, que é seu early game. Mesmo assim não foi uma serie fácil, foram necessários cinco jogos para decidir quem jogaria contra a RW na última rodada, mas no final da última partida da série todos já sabiam que o maior desafio tinha sido superado. Em uma série bem mais tranquila contra a RW e com show de Haro, a EDG conseguiu conquistar a última vaga para o mundial e a chance de se redimir no maior palco de todos.

Um time que acabou virando piada internacional devido às péssimas atuações em Mundiais tem hoje como última esperança de redenção justamente esse palco. A EDward Gaming não é mais a melhor da China, perdeu o posto de time mais popular, se classificou de uma maneira que poucos esperavam e pela primeira vez em sua história chega no campeonato mais importante do ano após muita hora extra. Mas talvez seja essa falta de protagonismo que a organização precisa para ter uma boa performance no mundial e finalmente se redimir com seus torcedores, com o ocidente e principalmente com a própria história.

 

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *