Janeiro marca a volta das ligas regionais de LOL

Janeiro marca a volta das ligas regionais de LOL

A primeira semana de 2019 uma nova temporada de League of Legends se aproxima. Os anos passam, o cenário evolui, novas ligas surgem e cada vez mais jogos são disputados. Assistir todas as partidas é praticamente impossível, por isso selecionamos as cinco melhores competições para se acompanhar no primeiro Split de 2019.


CBLOL – Início 12 de janeiro:

O Campeonato Brasileiro de League of Legends irá iniciar a temporada de 2019. Se matar a saudade não é o bastante, tenho dois motivos para você assistir o CBLOL nesse sábado.

O primeiro é o novo formato, anunciado no dia 6 de dezembro. Agora o CBLOL tem dez semanas e todas as partidas serão melhores de um mapa. Isso resulta em uma experiência agradável ao expectador, mas que afeta a competitividade das equipes. E, infelizmente, só poderemos saber o impacto dessa mudança em futuros campeonatos internacionais.

Outra alteração importante aconteceu durante a janela de transferências. A primeira etapa de 2019 será a edição mais gringa de todos os tempos. Oito dos quarenta e cinco jogadores inscritos (18%) no torneio são estrangeiros, superando a marca de 12% em 2014.

LPL – Início 14 de janeiro:

O LPL sempre foi um campeonato divertido. As partidas são marcadas por momentos épicos e as teamfights são constantes. Os times estão dispostos a correr riscos e o resultado são jogos emocionantes. A soma desses fatores faz com que, na minha opinião, o LPL seja a liga mais amigável para os fãs casuais de League of Legends.

Entretanto, o modelo de conferências parecia ser uma barreira para a chegada de novos fãs. Em 2019 o LPL terá um formato mais simples e fácil de se entender: todas as equipes se enfrentam uma série MD3 e as oito melhores se classificam para os playoffs.

A combinação da estrutura sólida e bons jogos é a fórmula do sucesso para qualquer liga, mas o LPL tem uma carta na manga. Se você não sabe, a Invictus Gaming manteve sua line-up campeã mundial para o ano de 2019. No dia 14 teremos a primeira, de muitas, chances de rever os campeões em ação contra a Topsports Gaming.

LCK – Início 16 de janeiro:

Sem alterações em seu formato desde 2015, os grandes destaques do LCK sempre aconteceram dentro da Summoner’s Rift. Apesar disso, a liga coreana terá uma mudança importante em 2019: uma nova casa. O LCK sai dos estúdios do OGN e vai para o LOL Park, uma das sedes do mundial de 2018.

Por outro lado, o fracasso no mundial resultou em grandes mudanças nas equipes da primeira e segunda divisão coreana. Novos plantéis geram novas narrativas e o LCK Spring 2019 promete ser um choque de gerações. De um lado, os veteranos da SK Telecom buscam mais troféus para a organização mais vitoriosa da história. De outro, a Griffin e a DAMWON Gaming dispostas a mostrar que não são somente o futuro, mas também o presente da elite do LOL.

Se você gosta de boas narrativas e jogos melhores ainda, não perca o LCK.

LEC – Início 18 de janeiro:

O League of Legends European Championship é o torneio perfeito para aqueles que são fãs de novidades. Com um novo nome e identidade visual, o LEC marca a chegada do modelo de franquias e organizações estreantes no Velho Continente.

Mas não se deixe enganar, as equipes europeias não perderam o seu potencial competitivo. A manutenção de jogadores como Bwipo, Caps, Rekkles e Perkz indica que podemos esperar boas atuações de Fnatic, G2 Esports e outros times em futuros torneios internacionais.

LCS – Início 26 de janeiro:

Se tivesse de escolher a trilha sonora do LCS, minha escolha seria Money do Pink Floyd. Isso porque mesmo após um ano abaixo do esperado, maioria das organizações abriram os cofres e reforçaram seus elencos.

Grandes jogadores são atraídos por regiões com maior potencial financeiro, isso não é surpresa. Entretanto, é surpreendente dizer que cinco ex-campeões mundiais irão atuar na América do Norte em 2019. O LCS sempre foi marcado pelos seus principais personagens e essa temporada tem protagonistas de peso. Se você quer acompanhar os próximos capítulos da história de Crown, Bang, Doublelift, Bjergsen e Sneaky, basta assistir a liga mais popular do Ocidente.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *