MSI 2017 – Dia 06 – A grande força da LMS

MSI 2017 – Dia 06 – A grande força da LMS

O dia 04 de maio marcou a estreia da equipe com maior potencial do MSI 2017. Jogando a Fase de Entrada devido a péssimas atuações no Mundial passado, a Flash Wolves é cotada como a equipe capaz de bater a embalada, e tricampeã mundial, SKT. Para chegar à Fase Final e poder enfrentar os sul-coreanos, a equipe taiwanesa deveria, primeiro, passar pela SuperMassive e garantir sua vaga na próxima fase.

Os jogos da série deixaram bem claro que, mesmo a SuperMassive não sendo uma equipe fraca e conseguindo bons resultados no Grupo A da Fase de Entrada, a distância entre a equipe campeã da LMS e as outras equipes do mundo é imensa.

(Divulgação/Riot Games Brasil)

Jogo 1: FW 1-0 SUP

Diferentemente da outra partida do round 2, o primeiro jogo da série ocorreu dentro do esperado. A Flash Wolves conseguiu, sem muitas dificuldades, passar por cima da SuperMassive e garantir uma rápida vitória em 25 minutos de partida.

Logo no começo, a estrela da equipe taiwanesa, Karsa não tomou conhecimento dos adversários turcos e executou uma linda jogada na rota inferior, onde sua equipe garantiu 3 abates. A vantagem continuou sendo ministrada pelos representantes da LMS que, após outras ótimas lutas, algumas completamente limpas e em outras cedendo abates, tendo sido abatidos apenas 2 vezes na partida inteira, conseguiram levar a base turca e asseguraram a vitória.

A abertura da série representou toda a expectativa que existe sobre a Flash Wolves, onde os colocaram como grandes favoritos a chegar à grande final do MSI, podendo ser o time capaz de bater a poderosíssima sul-coreana SKT.

Jogo 2: FW 2-0 SUP

Na segunda partida do dia, a história se repetiu, a equipe da Flash Wolves conseguiu bater a SuperMassive e abrir 2 a 0 na série. Os jogadores asiáticos jogaram outro jogo tranquilo e, com apenas 28 minutos de partida, destruíram o Nexus adversário.

O jogo começou desacelerado, a composição da Flash Wolves pedia um pouco mais de tempo que o habitual para poder crescer e ser executada perfeitamente, porém, após diversas pequenas lutas pelo mapa, os jogadores turcos cederam vantagem o suficiente para adiantar o crescimento dos representantes da LMS. Se na partida inaugural da série, a Flash Wolves, cedeu apenas 2 abates, no segundo jogo tiveram jogadores abatidos apenas 3 vezes.

Jogo 3: FW 3-0 SUP

O jogo mais “disputado” do dia. Apesar de outra vitória com relativa facilidade, a Flash Wolves encontrou uma SuperMassive um pouco mais agressiva e, possivelmente mais relaxada, o que permitiu aos turcos deixar o jogo um pouco mais amplo em alguns momentos. Qualquer abertura adquirida pelos representantes da TCL era prontamente respondida pelos representantes da LMS, não gerando vantagens reais para os turcos.

O grande nome da última partida foi o suporte SwordArt que, com ótimas rotações, conseguiu se juntar aos membros sololaners de seu time, executando jogadas e objetivos ao redor do mapa.

Após a partida, em entrevista, SwordArt, suporte da Flash Wolves, afirmou que não a equipe não se vê como favoritos ao título, ressaltando que acredita ter apenas 20% de chances de vencer o torneio. Jogadores da Flash Wolves ainda afirmaram que, durante o processo de preparação para o torneio,  a equipe se baseou nas partidas realizadas pela SuperMassive nesse MSI, explicitando a importância da botlane turca, o foco do caçador Stomaged  na rota, tomando as decisões de draft focadas contra a rota inferior de Zeitnot e Dumbledoge.

Com a vitória na série, a Flash Wolves carimba um recorde de 44 jogos, com 41 vitórias e, apenas, 3 derrotas na temporada 2017. A equipe de Taiwan garantiu a vaga na Fase Final e se junto a SKT (Coréia do Sul), G2 (Europa), WE (China) e TSM (América do Norte) para a disputa do título do MSI 2017.

Grande nome da série, Karsa, caçador da Flash Wolves, teve grande impacto em todas as partidas. (Divulgação/Riot Games Brasil)

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *