Os reis do Desafiante e seu destino no CBLoL

Os reis do Desafiante e seu destino no CBLoL

Imagem por Riot Games BR

A chegada da BigGods no CBLoL já era anunciada, principalmente com a regra de rebaixamento automático do perdedor de uma disputa melhor de três entre os dois últimos colocados do Campeonato Brasileiro.

Depois de abalarem o cenário desafiante brasileiro com impressionantes cinco vitórias e nenhuma derrota durante a etapa regular do Circuito Desafiante, não cedendo nenhum mapa, o time que já contou com lendas do cenário brasileiro, como Leonardo “Alocs” Belo, Guilherme “Snowlz” Neves e Gustavo “Minerva” Alves, tomou a vaga deixada pela organização g3neration X e, finalmente, teria sua chance de mostrar todo o seu potencial contra as melhores equipes do país.

A equipe conquistou o acesso para a “primeira divisão” do League of Legends brasileiro composta pelos jogadores Filipe “Ranger” Brombilla, Leonardo “Leozuxo” Camicia, Rafael “Rakin” Knittel, Lucas “Luskka” Rentechen e Ygor “Red Bert” Freitas, porém, visualizando melhorias na equipe e a formação de um plantel mais sólido, optou pela substituição de Camicia pelo caçador das selvas chileno Sebastián “Tierwulf” Mateluna, vindo da também chilena Last Kings, onde disputava a Copa Latinoamérica Sur.

Com pinta de favorita para surpreender até adversários mais tradicionais do CBLoL, a BigGods se encontrou em uma situação delicada logo em sua chegada ao Campeonato Brasileiro: devido à atrasos na apresentação das inscrições de seus jogadores e técnico, a organização foi punida em 16 (dezesseis) pontos na tabela de classificação do CBLoL, antes mesmo do início da competição. Com esse déficit na classificação e todo um novo desafio pela frente, alguns consideraram que seria uma temporada apática para a equipe vinda do Circuito Desafiante, porém os “bigodes” mostraram que não estavam para brincadeira, batalharam até o fim e conseguiram retirar pontos de gigantes como a Keyd Stars e paiN Gaming, apesar de não conseguirem sair da zona de rebaixamento.

Nessa sexta-feira, dia 24 de junho, os “bigodes” têm mais um desafio pela frente, o jogo mais importante de sua primeira temporada no CBLoL. Eles irão enfrentar a equipe da RED Canids, então sétima colocada, na partida que decidirá qual time será rebaixado automaticamente e qual time terá uma chance de tentar se manter na primeira divisão do Campeonato Brasileiro. A disputa, que será num formato melhor de três mapas e promete ser bastante acirrada, visto que a equipe da RED Canids possivelmente contará, na rota superior, com a estreia do jogador europeu Mauno “beansu” Tälli. Tälli, cujo país de origem é a Estônia, teve passagem por prestigiosas organizações do e-sport como a SK Gaming e mousesports. A partida ocorrerá às 13 horas, horário de Brasília, e terá transmissão nos canais oficiais da Riot Games Brasil.

Baseado no que foi apresentado pelas duas equipes durante todo o CBLoL, a equipe da BigGods chega para a disputa do rebaixamento como uma equipe melhor formada e com um estilo de jogo e identidades consolidados. A equipe da RED Canids, que durante a etapa regular havia perdido de 2 a 0 para a equipe da BigGods, mostrou um estilo de jogo confuso e bastante individualista durante o torneio, com erros simples e críticos para o andamento de seu jogo, porém, durante a “super semana” que encerrou a etapa regular, o time conseguiu se encaixar e acabou vencendo a KaBuM e-Sports por 2 a 0. Com a adição do toplaner europeu, beansu, a equipe da RED Canids pode se tornar uma ameaça maior do que o esperado para a disputa. Caso a equipe da BigGods apresente o mesmo nível de jogo e corrija alguns erros de chamadas, com um foco maior nas chamadas de iniciar/como lutar teamfights, as surpresas da RED Canids talvez não sejam tão efetivas e podem ser o caminho para a vitória dos “bigodes”.

Previsões:
BigGods 2 – 0 Red Canids (num dia inspirado da BG)
BigGods 2 – 1 Red Canids

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *