Redenção a caminho do Chile. CBLoL – Semana 5

Redenção a caminho do Chile. CBLoL – Semana 5

Faltando apenas duas rodadas para o fim da temporada regular, os confrontos da quinta semana do CBLoL justificaram as expectativas colocadas nessa reta final. Faltando apenas 3 dias para o início do Rift Rivals, a quinta rodada também deu uma possível prévia das atuações das equipes brasileiras nesse novo torneio internacional.

A quinta rodada de séries começou com a reedição da final da primeira etapa e se encerrou com uma das melhores séries já vistas até o momento. Em séries válidas pelo sábado, dia 01 de julho, Keyd Stars e RED Canids mostraram suas garras, enquanto a CNB mais uma vez fracassou, dessa vez diante para a líder Team oNe.


Abrindo o sábado, Keyd e RED duelaram em uma série bastante equilibrada. Na primeira partida, os Guerreiros conseguiram criar enorme vantagem no jogo, mas, devido ao estilo de jogo calmo e focado em momentos mais tardios da partida, a Matilha conseguiu virar a situação em seu favor e alcançar a vitória. Na segunda partida, a Keyd Stars conseguiu manter a vantagem por todo o jogo e, sem cometer muitos erros, não cedeu sua vantagem ao adversário, empatando a última série das duas equipes antes da pausa para a mais nova competição internacional. No próprio final de semana, ambas as equipes embarcaram rumando o Chile para a disputa do Rift Rivals onde, caso consigam jogar todo o seu potencial, não enfrentaram dificuldades contra as equipes latinas.

(Divulgação/Riot Games)

Para encerrar o primeiro dia de disputas da quinta rodada, a CNB enfrentou a Team oNe com a difícil missão de bater a líder do CBLoL e sair da lanterna. Com duas partidas melhores que as das semanas passadas, os blumers esboçaram uma evolução, porém cederam para a equipe que lidera o campeonato. A derrota por 2 a 0 na série afundou ainda mais a CNB na tabela, os colocando em situação mais delicada ainda.

(Divulgação/Riot Games)

A primeira disputa do domingo seguiu o caminho esperado. A entrada de Piroxz no lugar do técnico Renan “Dezenove” Crespo, que pediu demissão do cargo durante a semana, não trouxe mudanças importantes para a TSHOW, que foi dizimada pela INTZ em dois jogos rápidos. Uma escolha de Xin Zhao pelo selva Ferchu até surpreendeu o time adversário durante as escolhas, mas não foi justificada e resultou numa vitória simples para os intrépidos, enquanto que a entrada de Shini no segundo jogo acelerou mais ainda o ritmo da INTZ, que venceu o game em pouco mais de 23 minutos.

(Divulgação/Riot Games)

Na segunda série do dia, paiN Gaming e ProGaming fizeram uma série tão grande quanto a importância dessa disputa para a tabela do CBLoL. O controle de mapa durante o início do primeiro jogo por Tay e toda a paiN, somado à ótima execução do pickoff que Kami e Loop traziam com a dupla Malzahar e Thresh, respectivamente, foram essenciais para a equipe conquistar a vitória.

(Divulgação/Riot Games)

Já na segunda partida, quem tomou a frente durante o early game foi a ProGaming, com um counter gank belíssimo do jungler substituto Ranger na rota do topo, e uma fight favorável ao time azul e preto acontecendo logo em seguida na parte de baixo do mapa. Esses dois eventos colocaram as rotas da PRG à frente, mas a paiN se mostrava superior quando se tratava dos grandes monstros neutros: foram quatro dragões e um barão na conta, este último obtido após uma tentativa falha da ProGaming de capitalizá-lo. Foi a disputa pelo dragão ancião, no entanto, que garantiu o empate para a ProGaming, após iniciar uma luta muito boa no rio com o combo de Rakan e Galio, que acabou destruindo a linha de frente dos adversários e o resto do jogo.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *