Reis e guerreiros no topo – Semana 2 – CBLoL 2018 Segunda Etapa

Reis e guerreiros no topo – Semana 2 – CBLoL 2018 Segunda Etapa

Autor: Guilherme Coelho

À primeira vista, o título dessa matéria pode induzir os leitores a pensar que estamos falando da Idade Média. O fato é que após duas semanas de CBLoL, o Rei Blumer da CNB e os guerreiros da Keyd ascenderam ao topo e lideram o campeonato, sendo até então as duas equipes invictas após duas semanas de jogos.

A primeira série da semana, entre ProGaming e RED Canids, aconteceu na sexta-feira, dia 17, devido à Copa do Mundo de Futebol. As duas equipes, que vinham de derrota na primeira semana para Keyd e CNB, respectivamente, se enfrentaram em dois jogos muito equilibrados, mas que acabou com vitória dos Caveiras.

(Divulgação / Riot Games)

O time de Professor e companhia, teve pela frente uma RED Canids muito promissora. No primeiro jogo, os Lobos conseguiram sair na frente, com boas respostas de Sky à ofensiva adversária. Porém, com ótimas iniciações do Rakan de Professor e a ótima linha de frente do Urgot de SkyBart, a ProGaming conseguiu ser superior nas lutas e garantiu a primeira vitória da série. O segundo jogo também teve as mesmas características do primeiro: vantagem inicial da RED, com lutas favoráveis para a ProGaming e destaque para um Urgot, dessa vez de Vert na rota do meio

Ao ser questionado sobre o desempenho da equipe, LEP se mostrou confiante e citou a CNB:

A gente tá bem confiante embora tenhamos perdido as duas primeiras partidas. A gente não vê como uma crise ou como algo que precise mudar os jogadores. A gente pensa muito no caso da CNB que começou o primeiro split com 0-2 e ainda assim chegaram fortes nos playoffs. A gente não conseguiu os resultados de início mas nada impede da gente ir bem na próxima semana e no resto do campeonato. Continuaremos trabalhando bem duro, como estamos fazendo, e dando nosso máximo.

Com o resultado, os Lobos são os únicos na competição a não terem vencido nenhuma partida ainda, ocupando a última colocação. Já os caveiras terminam a semana na sexta colocação.

(Divulgação / Riot Games)

Já considerado um clássico brasileiro cheio de rivalidade, INTZ e Keyd travaram o segundo duelo da sexta-feira, que foi favorável para os Guerreiros.

Pode não ter parecido, mas Vivo Keyd e INTZ fizeram dois jogos muito equilibrados, e que apesar do placar de 2 a 0, poderia tranquilamente acabar em 2 a 1. Os intrépidos, no jogo 1, até tentaram impor o ritmo pesado que a composição pedia, mas com o passar do tempo, era nítido que seria impossível passar pela dupla Tockers (Irelia) e Yang (Darius). O meio da Vivo Keyd foi o destaque da partida com um placar de 6/1/9. Para o segundo jogo, os Intrépidos buscaram uma composição exclusivamente para lutas. Tay jogando de Kennen, conseguiu encaixar grandes ultimates ao longo do jogo, mas seu adversário de rota, Yang, novamente de Darius, fez uma partida impecável e destruiu o jogo à favor dos guerreiros.

O suporte da Keyd foi perguntado sobre o meta e como eles fizeram para manter o bom desempenho da primeira etapa:

Eu acho que muito vem da nossa experiência, a gente passou por muitas mudanças de meta, então eu acho que a gente tem um poder de adaptabilidade maior porque a gente já passou por isso muitas vezes e isso nos ajuda muito em qualquer mudança. Acho que nesse patch especificamente a gente tá se saindo um pouco melhor porque a maioria dos outros times não tem essa bagagem que a gente tem, e realmente mudou coisas muito gigantes. Eu acho que o time precisa de alguém mais experiente, alguém que vai estar lá e dizer “calma galera, eu acho que a gente tem que jogar assim, assim, assado”, porque tá um caos louco, a gente mesmo se confunde nos treinos, então, foi bem difícil mas a experiência pesou muito.

Após a vitória, a Keyd é a segunda colocada e invicta na competição, enquanto a INTZ estaciona na quinta posição.

(Divulgação / Riot Games)

Iniciando os jogos de sábado, a atual campeã do CBLoL enfrentou o Flamengo, marcando o confronto tão esperado entre pai e filho: brTT e Titan foram os mais falados da série por ser a primeira vez que os dois se enfrentaram pelo CBLoL.

Apesar disso, a série ficou marcada por decisões “diferentes”. Amparados por um meta que surpreende à cada rodada, a KaBuM inovou também na posição de seus jogadores. Após a vitória limpa do Flamengo no jogo 1, Ranger inverteu sua posição com Zantins e foi para o topo, enquanto seu colega de equipe fez uma espécie de “suporte” para dYNquedo. O jogador da rota do meio jogou de Kayle e foi responsável por farmar sua rota e também a selva, enquanto Zantins, de Nunu, andava com ele por todo o jogo. A estratégia deu certo, e após 48 minutos, a série ficou empatada. Na terceira partida, a equipe da KaBuM inovou ainda mais ao colocar Ranger na rota inferior e Titan no topo, mantendo a estratégia de Nunu e Kayle. Entretanto, dessa vez, a equipe do Flamengo leu melhor a composição adversária e Goku de Anivia não deixou dYNquedo repetir a atuação da segunda partida, dando a vitória na série para sua equipe.

Ao fim da rodada 2, a equipe de brTT pula para a terceira posição, ao mesmo tempo que Titan e seus companheiros amargam a vice-lanterna.

(Divulgação / Riot Games)

Finalizando a segunda rodada do campeonato, IDM e CNB fizeram o último embate do dia. Tratados como a surpresa positiva até aqui, os Blumers conseguiram a segunda vitória convincente da etapa. Com uma boa leitura do meta caótico que está ocorrendo, a CNB trouxe novidades não só nos picks: com uma composição chamada de “auto-fill” pelos próprios jogadores, a equipe sacrificou a presença de um atirador na equipe para jogar com dois meios: Rakin e Brucer.

Utilizando a estratégia de Nunu e Kayle, a CNB precisou apenas de 27 minutos para destruir a base inimiga no jogo 1, duração que praticamente se repetiu na segunda partida. Nesta, onde Robo jogou na rota inferior com seu Darius, o destaque foi para Baiano, de Karma, que teve 100% de participação nos abates do seu time.

Dessa forma, os blumers finalizam a segunda semana na liderança do campeonato e invictos. Já a IDM fica na quarta posição com 50% de aproveitamento.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *